Intervenções de Martha Niklaus e a mídia de massa como espaço performático

A artista carioca Martha Niklaus apresenta na exposição Histórias de peixes, iscas e anzóis, realizada no Paço Imperial (Rio de Janeiro), um conjunto heterogêneo de trabalhos realizados entre 1993 e 2018, que são atravessados por aspectos da arte conceitual, minimalista e experimental. A curadoria, assinada por Paula Terra-Neale, privilegia trabalhos que nascem a partir do… Leia mais Intervenções de Martha Niklaus e a mídia de massa como espaço performático

A persistência da memória em Matheus Rocha Pitta

Estela é o termo utilizado pela arqueologia para designar monumentos monolíticos onde civilizações antigas faziam inscrições ou esculturas em relevo, geralmente funerárias ou de praxe ritual, política, comemorativa, territorial, etc. Estelas funerárias remontam a diversas culturas antigas ao redor do mundo, como os egípcios, gregos, romanos, maias ou incas. Ao serem colocadas sobre os túmulos,… Leia mais A persistência da memória em Matheus Rocha Pitta

Revisitando a Nova Figuração dos anos 1960: Dias, Barros e Gerchman

Após uma década de efervescência do abstracionismo geométrico na arte brasileira – tendência que se alinhava ao índice de modernização e industrialização do país na década de 1950 -, a figuração volta a ganhar força na década de 1960 como resposta a acontecimentos políticos, contudo, sem adotar o tom naturalista de outrora. A chamada Nova… Leia mais Revisitando a Nova Figuração dos anos 1960: Dias, Barros e Gerchman